João Beltrão é absolvido por unanimidade

O Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas absolveu o deputado estadual João Beltrão de Siqueira da acusação de homicídio qualificado contra o cabo da Polícia Militar José Gonçalves da Silva Filho. A decisão foi proferida por unanimidade.

Votaram no julgamento, além do relator João Luiz Lessa, os desembargadores Paulo Lima, Elisabeth Carvalho, José Carlos Malta, Pedro Augusto, Klever Loureiro, Fábio Bittencourt, Domingos Neto e Maurílio Ferraz (juiz convocado).

 

 

O CASO
O crime vitimou o cabo PM José
Gonçalves Silva, ocorrido no dia 9 de maio de 1996, na pista do Auto Posto Veloz, situado às margens da Avenida Menino Marcelo, parte alta de Maceió.
Conforme as investigações, Gonçalves tinha envolvimento com crimes de pistolagem, tendo escapado de outros atentados antes de ser morto. De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, o militar foi morto porque se negou a matar um desafeto de João Beltrão – para quem prestava serviço à época.