PRF prende grupo suspeito de assaltos a banco em São Sebastião

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na madrugada desta quarta-feira (25), na BR-101, em São Sebastião, um grupo suspeito de assalto a banco. Os cinco ocupantes de um veículo foram abordados na rodovia.

Durante a fiscalização, os policiais constataram que o automóvel estava adulterado e tinha queixa de roubo.

Nas malas de viagens foram encontradas ferramentas próprias para arrombamento de caixas eletrônicos. Um dos passageiros já tinha passagem pela polícia por roubo e outro deles apresentou identidade falsa. A suspeita é de que eles formem uma quadrilha.

Era quase 1 hora da manhã, quando policiais rodoviários federais realizavam o policiamento ostensivo na BR-101, em frente a Unidade Operacional de Polícia de São Sebastião, e abordaram um Ford/ Ecosport branco, com cinco ocupantes, sendo três mulheres e dois homens. Ao receber a documentação do carro e dos indivíduos, os policiais desconfiaram da autenticidade de alguns documentos.

Após fiscalização detalhada foi constatado que o automóvel tinha sinais identificadores adulterados e que havia sido roubado em junho desse ano, em Recife. Os policiais também encontraram no carro algumas marcas de tiro, possivelmente do dia do roubo, que estavam cobertas com adesivos para não gerar suspeitas.

O motorista, de 32 anos, havia dito aos PRFs, quando foi parado, que estava indo com os amigos de Recife para praias de Aracaju. Mas nas malas de viagem foram encontrados alicates para cortar ferro, “pés-de-cabra”, parafuseiras elétricas, esmerilhadeira e outros equipamentos próprios para arrombamentos de caixas eletrônicos.

Além disso, ele já tinha passagem pela polícia por roubo e porte ilegal de arma. Também foram encontradas duas cédulas de dinheiro falsas com ele e uma das mulheres apresentou identidade com sinal de adulteração.

Todos os presos eram naturais de Pernambuco e tinham idades entre 21 e 35 anos. Eles, junto com o veículo recuperado e material apreendido, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de São Sebastião e responderão pelos crimes de formação de quadrilha, uso de documento falso e receptação de veículo roubado.