Laudo com causas de incêndio em loja deve sair em 30 dias

Após incêndio que destruiu uma loja de design, no bairro de Jatiúca, em Maceió, os proprietários do estabelecimento solicitaram uma perícia do Corpo de Bombeiros para identificar a causa do incidente e, a partir do laudo, acionar a seguradora. O resultado do procedimento técnico deve ser divulgado em até 30 dias.

O prédio é protegido com seguro e somente após a análise pericial será possível iniciar o processo de recuperação dos danos.

Bastante nervosos, os empresários não quiseram falar com a imprensa. No diálogo com os militares que trabalhavam no combate às chamas, eles confirmaram que a papelada com a companhia de seguros estava em ordem e as providências seriam tomadas assim que o laudo fosse elaborado.

De acordo o coronel Paulo Marques, que comandou os trabalhos esta manhã, foram mobilizados 20 homens do Corpo de Bombeiros. Por volta das 10h, ainda havia o trabalho de rescaldo e resfriamento do local para evitar mais labaredas.

No estabelecimento, havia muita madeira, tecidos e matérias inflamáveis. “E, devido a isso, o fogo se alastrou rapidamente”, acredita o coronel Paulo Marques.

O oficial também foi questionado sobre a falta de hidrantes na capital, e confirmou a deficiência. “Nós temos, sim, hidrantes que funcionam, mas muitos estão desativados. Essa problemática já foi levantada com a prefeitura e algumas medidas já estão sendo tomadas. Mas, nós também contamos com pontos de apoio que, em momentos como esse, nos auxiliam. Nessa situação, estamos contando com o apoio do Maceió Shopping”, relatou.

No incêndio que destruiu a loja, ninguém ficou ferido. Segundo os Bombeiros, as chamas devem ter começado no subsolo e rapidamente se alastrou. A estrutura do prédio foi isolada e ainda há risco de desabamento do teto e das paredes.