Marx Beltrão anuncia R$ 1 milhão para construção de ponte em Porto de Pedras

A ponte sobre o rio Tatuamunha vai receber o investimento no valor R$ 1 milhão de reais por meio do Ministério do Turismo. O anúncio foi feito pelo ministro da pasta, Marx Beltrão, em audiência com o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Alexandre Ayres, e o prefeito de Porto de Pedras, Henrique Vilela. A construção da nova ponte conta com projeto adequado de sustentabilidade ambiental e predominando os atrativos turísticos da região norte.

A ponte de madeira fica próxima à Associação Peixe-Boi e serve de acesso para pedestres, ciclistas, pescadores, marisqueiros e moradores locais. De acordo com o secretário Alexandre Ayres, o projeto está em fase de execução e o convênio de todo projeto será tocado em parceria com a administração municipal. “A intenção é finalizar o projeto para, em breve, darmos a ordem de serviço da obra. Solucionar de uma vez por todas o acesso aos moradores e turistas que visitam a região”, afirmou Ayres.

 

A região está inserida no roteiro de pousadas de charme da região da costa dos corais e o acesso também que leva a Associação do Projeto do peixe-boi. “Através do Ministério do Turismo estamos dotando regiões com melhor infraestrutura a exemplo de Porto de Pedras. São mais de 40 anos de espera e um sonho antigo da população. Estruturar a região para receber melhor o turista e dar mais qualidade de vida aos moradores e quem precisa utilizar o acesso da ponte”, ponderou o ministro Marx Beltrão.

 

Para o prefeito Henrique Vilela, o momento é de cumprimento de prazos e finalização do projeto e início da obra. “Antes mesmo de assumir a prefeitura visitei o ministro em Brasília e pleiteamos a construção da ponte, uma obra sonhada por todos da região. Tê-lo como nosso representante nos traz esperança de que a obra vai sair do papel e ganharemos mais um aparelho de infraestrutura turística propiciando mais turistas e consequentemente gerando mais emprego e renda”, concluiu o prefeito.