Adolescente é estuprada e tem liquido injetado na genitália em Marechal Deodoro

Uma jovem foi estuprada e teve “ácido” injetado na genitália, na Praia do Francês, em marechal Deodoro.

A adolescente de 15 anos saiu de casa, em Massagueira, com outra garota da mesma idade que é neta de dona Madalena, mãe da vítima, informando que iriam para a escola. Porém, Madalena disse que elas não compareceram a aula.

Segundo a mulher, as meninas teriam marcado um encontro com um casal identificado apenas como Letícia e Adriano.”Elas saíram daqui de casa como se fossem para a escola, como sempre fazem, mas, nesse dia, não pisaram em sala de aula. Foram direto para o Francês, acompanhadas dessas duas pessoas e ninguém as conhece por aqui. Disseram apenas que o rapaz seria servidor público da prefeitura de Marechal Deodoro”, disse.

Ainda de acordo com Madalena, a neta disse que ao chegarem ao local onde haviam marcado o encontro, ela ficou com Letícia, enquanto a outra garota foi para outro lugar com Adriano. Foi neste local onde ela foi abusada sexualmente.

A família disse acredita que o líquido injetado seja um tipo de ácido, já que a jovem chegou em casa com forte sangramento. Ela foi levada às pressas para o HGE e não se sabe o estado de saúde da mesma. “Se eu não tivesse socorrido a milha filha, ela certamente teria morrido. Ela já estava desmaiando. O médico revelou, inclusive, que ela nunca mais poderá ter filho devido à ação deste líquido. Não sei o que ele aplicou nela, mas minha filha sofreu muito”, lamentou a mãe.

Um gente plantonista da Delegacia de Marechal Deodoro informou que o caso só será investigado nesta terça-feira (21), em virtude do feriado da Consciência Negra.

Join the Conversation