Crimes políticos ocorridos no sertão podem ser solucionados nos próximos dias

Durante as atividades do programa Governo Presente no sertão alagoano, nesta quinta-feira (23), o secretário em exercício da Segurança Pública, Acácio Júnior, garantiu que os crimes por motivação política ocorridos na região serão solucionados nos próximos dias.

O secretário ressaltou que o caso de Batalha, onde o vereador Neguinho Boadeiro foi morto a tiros quando deixava a câmara municipal, os delegados designados para o caso irão apresentar novas informações dentro do prazo estabelecido para conclusão do inquérito, que é de 30 dias após o crime.

“Em batalha nós fizemos o que era preciso ser feito. Ocupamos a cidade, oferecemos segurança as famílias das vítimas e agora estamos aguardando dentro dos próximos dias o resultado das investigações”, afirmou Júnior.

O outro crime ocorreu no município de Delmiro Gouveia há dois meses e também segue em investigação para apontar os autores.

O empresário Rodrigo Alapenha, genro do ex-prefeito  do município de Delmiro Gouveia, Lula Cabeleira, que foi assassinado a tiros quando chegava em casa no mês de agosto. Ele foi seguido pelos criminosos e morreu antes receber socorros.

Ainda no evento Acácio Júnior destacou as atividades desenvolvidas pelo policiamento do interior para combater a criminalidade em toda região do sertão.

Imparcial

O governador Renan Filho se mostrou imparcial quanto às investigações e acredita que o Estado deve agir duramente a casos como este. “Eu trato com total imparcialidade as investigações para identificar os suspeitos. Eu não me preocupo com retaliação de nenhuma família. O Estado tem que agir duramente em qualquer caso, da mesma maneira, seja rixa familiar, seja tráfico de drogas ou ocupação de espaço”, disse.

Join the Conversation