Cristiano Matheus é condenado e ficará inelegível por oito anos

O ex-prefeito Cristiano Matheus foi condenado à perda dos direitos políticos por oito anos, estando inelegível até as eleições de 2024.

A decisão foi proferida pela juíza Luciana Josué Raposo Lima Dias no dia 13 deste mês.

Cristiano foi condenado por gastos excessivos em publicidade quando era prefeito de Marechal Deodoro no primeiro semestre de 2016, ano de eleições municipais.

De acordo com os autos, a Prefeitura de Marechal Deodoro gastou R$ 953.268,32 com publicidade no primeiro semestre do ano passado.

O ex-gestor afirma que os gastos foram de R$ 805.606,65. O fato é que ambos os valores superam a média dos gastos com propaganda institucional.

Na quarta-feira, 22, Cristiano Matheus teria confirmado ao jornalista Wadson Regis, em sua coluna que voltaria às urnas em 2018.

Desta vez, para disputar uma vaga à Assembleia Legislativa de Alagoas. Com a sentença, isso não poderá mais acontecer pelo menos até as eleições de 2024.

Cristiano Matheus é acusado de desvio de recursos públicos, agredir sua ex-esposa, Mayane Souza, e de não pagar a pensão alimentícia dela e do filho recém-nascido.

Join the Conversation