Conselho Tutelar denuncia porteiro que pode ter abusado de criança em escola

Um homem que é porteiro de uma escola na Levada, parte baixa de Maceió, foi denunciado nesta terça-feira (28), por suspeita de abusar de uma criança de cinco anos.

A denúncia foi feita pelo conselheiro tutelar Luiz Carlos, do Conselho Tutelar da 2ª Região. Segundo ele, a  avó da vítima percebeu as marcas no ânus da criança quando foi lhe dar banho. “A avó percebeu que a criança estava machucada, quando perguntou a ela o que houve, ela admitiu ter sido vítima de estupro”, disse Luiz.

O avô, que preferiu não se identificar, disse que o neto chegou em casa e pediu para ir ao banheiro. “Foi quando o irmão dele veio me chamar dizendo que ele estava defecando sangue, mas ao chegar lá percebi que não se tratava de sangue, mas sim de sémem”, disse o avô.

O exame de corpo de delito, foi realizado no Instituto Médico Legal (IML) e foi constatado que houve conjunção carnal.

Join the Conversation