Marx Beltrão garante R$ 15 milhões para levar água encanada ao Sertão

Em audiência no Ministério do Desenvolvimento Social nesta quarta-feira, 29, o ministro alagoano Marx Beltrão (Turismo) garantiu R$ 15 milhões para implantação de tecnologia social de acesso à água no Sertão de Alagoas. A partir dos microssistemas de captação, 28 povoados às margens do Canal do Sertão serão beneficiados com água encanada. O convênio foi assinado com o ministro Osmar Terra e o secretário estadual de Recursos Hídricos, Alexandre Ayres.

“Ter água na torneira é um sonho do povo sertanejo desde quando era criança. Não faz sentido existir esse canal, onde se investiu milhões, e as comunidades vizinhas ainda dependerem do caminhão-pipa para consumir água”, argumenta Beltrão.
Ele destacou ainda que a pasta tem atendido o estado em diversos programas sociais, como o Programa do Leite e o Programa de Aquisição de Alimentos. “Essas iniciativas têm sido viabilizadas graças à parceria do ministro Osmar e à sensibilidade com os pleitos de Alagoas”, avalia.

O ministro Osmar Terra observa que, apesar dos desafios enfrentados no orçamento, as ações sociais são prioritárias estão sendo mantidas e ampliadas. “É inadmissível que passe água do Canal do Sertão bem próximo a esses povoados e as famílias não tenham acesso. Isso agora vai mudar”, ressalta.

À frente do convênio em Alagoas, o secretário estadual de Recursos Hídricos, Alexandre Ayres, explica que os sistemas de captação unem eficiência e baixo custo. “Os microssistemas atendem com mais qualidade o povo sertanejo e aposentam de vez os caminhões-pipa, que fazem um trabalho paliativo na questão de acesso à água. Isso a um custo menor”, conclui.

Join the Conversation