Oito faculdades de Alagoas estão entre as piores do país, segundo o MEC

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), divulgou nesta terça-feira, 28, em seu relatório de IGC (Índice Geral de Cursos), que oito faculdades em Alagoas tiveram avaliação insatisfatória.

A avaliação é referente ao ciclo de 2016. Na avaliação de 2015, sete dessas oito, já haviam aparecido no ranking como piores do estado.

O índice vai de 1 a 5 e as notas na faixa 1 e 2 indicam mau desempenho passível de punição. As avaliações são divididas entre universidades, institutos federais, centros universitários e faculdades.

Confira abaixo as “reprovadas” na avaliação:

Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais de Maceió – 1,2589

Instituto de Ensino Superior Santa Cecília – 1,3051

Faculdade Raimundo Marinho de Penedo – 1,4788

Faculdade de Ensino Regional Alternativa – 1,5526

Faculdade Raimundo Marinho – 1,6066

Instituto de Ensino Superior de Alagoas – 1,8071

Faculdade da Cidade de Maceió – 1,7559

Faculdade São Vicente – 1,8167

Apenas a São Vicente não estava presente no ranking divulgado anteriormente relativo ao ano de 2015.

Join the Conversation