Parentes de reeducandos denunciam lixo acumulado na área externa de presídio

Os familiares de reeducandos do Presídio de Segurança Máxima que fica no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió, denunciaram que o lixo da área externa do local não está sendo recolhido. Garrafas pets, papelões e vários outros itens estão acumulando em volta de um container.

Eles cobram dos gestores do presídio uma atitude sobre o lixo acumulado. “Nós, como familiares, gostaríamos de resposta de algum órgão competente, pois quando levamos a feira para eles, nos deparamos com uma falta de humanidade dessa. Nós encontramos produtos de higiene, comidas e diversas outras utilidades jogadas no lixo. Um absurdo!”, disse um familiar.

Segundo a assessoria da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), os objetos estavam nas celas e foram retirados pelos agentes penitenciários. Pois, poderiam ser utilizados para fins ilícitos. Devido a isso, o reservatório de lixo ficou cheio.

A Seris informou que a coleta de lixo já está sendo providenciada.

 

Join the Conversation