Reajuste de 0% para servidores municipais e aumento na passagem preocupa população

O reajuste da passagem de ônibus em Maceió irá pesar no bolso da população que ganha salário mínimo, principalmente dos servidores municipais de Maceió.

Com o salário mínimo reajustado em apenas 1,81%, e o reajuste do servidor de Maceió permanecido em 0% desde o ano de 2016, o aumento da passagem do transporte coletivo em Maceió, que sempre acontece entre fevereiro e março pode dificultar a vida do trabalhador maceioense.

O último reajuste ocorreu em fevereiro de 2016, quando a tarifa passou de R$ 3,15 para os atuais R$ 3,50, um aumento de 11%. A situação pode se repetir devido à instabilidade do diesel.

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) encaminhou nota à imprensa, no final do ano de 2016 demonstrando preocupação com a situação. O reajuste, inclusive, já vem sendo discutido pela categoria.

Join the Conversation